Blog Dicas

como-precificar-moveis-sob-medida-gmad

Como precificar móveis sob medida corretamente?

A precificação de produtos é um assunto que tira o sono de qualquer empreendedor, inclusive daqueles que trabalham com marcenaria. É preciso gerar faturamento sem descuidar da satisfação do cliente, e encontrar esse equilíbrio não é nada fácil.

O assunto tem dois lados a serem analisados. O primeiro é o mercado, ou seja, quanto o cliente está disposto a pagar, o valor agregado etc. O segundo é o empresarial.  Ou seja, a marcenaria busca obter lucro, e deve cobrar um determinado valor para não “pagar para trabalhar”.

Em outras palavras, o preço do produto deve ser alto o suficiente para gerar renda a quem o produz e comercializa, mas não tão alto a ponto de desestimular a compra. No meio disso tudo, fica a pergunta: como precificar móveis sob medida corretamente?

Acompanhe este post que vamos ensinar alguns truques para que você chegue a um preço justo!

Saiba quais são seus custos operacionais

O primeiro passo é saber quanto que você gasta para manter a marcenaria em funcionamento, pois o grande risco ao adotar uma política de preços baixos é ter um faturamento insuficiente para cobrir suas despesas. E por despesas, entendemos todos os custos envolvidos na sua atividade.

Para não errar na hora de fazer um orçamento, você deve começar sabendo a quantia paga para o seu negócio funcionar. E é preciso considerar tudo, sejam gastos periódicos ou esporádicos. Para orientá-lo neste levantamento, veja a lista dos principais gastos de uma marcenaria:

  • fornecedores;
  • aluguel;
  • combustível;
  • folha de pagamento de funcionários;
  • faxina;
  • água, luz e telefone;
  • desgaste do maquinário;
  • manutenção de máquinas;
  • aquisição de ferramentas;
  • impostos

Para facilitar, você pode fazer uma planilha e incluir todas as suas despesas. Visualizando-as fica mais fácil precificar móveis sob medida.

Defina uma margem de lucro

Podemos definir lucro como a diferença entre o faturamento gerado pelas vendas e os custos de produção. Se seu negócio rende apenas o suficiente para se manter sem gerar lucro, é hora de rever a estratégia.

Não adianta sua margem ser muito alta, pois vai espantar clientes e perder contratos, mas muito baixa não vai deixar seu negócio crescer. Neste setor, muitas empresas utilizam uma margem de lucro que varia entre 20% e 30%, mas esse valor é particular de cada marcenaria e deve levar em consideração o plano de negócios.

O ideal é buscar o equilíbrio e atingir uma rentabilidade que lhe permita crescer sem praticar preços abusivos.

Considere o mercado

O seu preço de venda deve ser compatível com o mercado e não se distanciar muito daquilo que seus concorrentes praticam. É claro que, por estratégias de marketing, você pode lançar uma campanha que jogue os valores para baixo, como ocorre durante a Black Friday. Mas essa guerra de preços deve ser pontual, não permanente.

Salvo em exceções, o valor do seu produto deve estar de acordo com o mercado. O preço, apesar de importante na hora de fechar um contrato, não deve ser o principal argumento. A qualidade do seu trabalho, dos materiais utilizados e prazo de entrega, por exemplo, devem ter mais peso no momento da venda.

Utilize fórmulas para precificar móveis sob medida

Se você analisar as etapas anteriores, vai perceber que a precificação pode ser uma atividade subjetiva. São muitas variantes, como os custos de produção e a prática do mercado. Mas há muitas fórmulas que podem ajudá-lo. Algumas, bastante precisas, exigem cálculos mais apurados.

Uma das mais famosas é o Mark Up, que tem como base o custo de produção. A praticidade desse indicador é um dos fatores que o torna tão utilizado. Além disso, você pode trabalhar com mais de um Mark Up por produto, dependendo do lucro estimado.

Precificar móveis sob medida não é uma tarefa simples, mas seguindo essas sugestões você estará mais longe do erro. O importante é manter o equilíbrio, ou seja, não cobrar caro demais a ponto de afastar consumidores, nem barato de mais e ficar no negativo. Portanto calcule seus custos, fique atento ao mercado, faça suas contas e encontre a melhor solução!

E já que estamos falando em preços, descubra quais as características de uma marcenaria competitiva!

Leia também

Aguarde...

INFOMAD GMAD

Ao preencher esse cadastro, o incluimos em nosso mailling para receber noticias da GMAD. Não substitui o cadastro na loja para realizar compras.