Blog Dicas

Acessibilidade nos projetos de arquitetura

Acessibilidade nos projetos de arquitetura

O conceito de acessibilidade é uma preocupação crescente na arquitetura, tanto é, que os profissionais têm cada vez mais buscado soluções adequadas para os ambientes corporativos ou residenciais.

É importante ressaltar que um projeto inclusivo é fundamental para a segurança, conforto e adaptação, tanto para portadores de necessidades especiais, quanto para aqueles que tem sua mobilidade reduzida, como é o caso dos idosos.

Diante disso, o grande desafio é projetar móveis que levem em conta a autonomia no dia a dia, unindo funcionalidade, conforto e sem esquecer do fator estético. Por isso, neste post, a Gmad vai te mostrar como é mais simples do que se imagina aplicar o conceito nos projetos.

Vamos as dicas!

Espaço: No geral, os espaços devem ser sempre priorizados, mas em casos de dificuldade de locomoção é preciso tomar ainda mais cuidado. Sendo assim, busque planejar móveis que não tenham muitas barreiras, possam ser encostados nas paredes e assim deixem a circulação livre.

Mobiliário acessível: Obviamente, a produção de móveis acessíveis requer atenção e um bom planejamento. No entanto, alguns detalhes são fundamentais, por exemplo: os cantos devem ser arredondados para evitar colisões; é importante elaborar peças adaptáveis e com apoio em armários, camas e mesas; deve-se pensar também na faixa de alcance e altura do mobiliário, não sendo nem tão baixos ou altos.

Decoração acessível: a decoração também precisa ser acessível. No caso dos cadeirantes, o ideal é que a altura máxima de alcance seja de 1,35m, portanto os objetos não podem estar guardados em prateleiras altas.

Iluminação: a automação também é uma aliada da acessibilidade, principalmente, através de sensores que acendem as luzes, uma vez que eles são práticos e podem evitar acidentes.

Por fim, uma dica importante, é que atualmente existem materiais e ferragem de alta tecnologia propícios para elaborar projetos perfeitos e aptos para todos.

Quer ver mais conteúdos como esse? Acesse: https://gmad.com.br/blog/

acessibilidade

Leia também