Blog Dicas

Como aproveitar melhor os espaços de ambientes pequenos?

Por Anne Oelke @marcenariaforadacaixa

Casas e apartamentos pequenos estão cada vez mais comuns. Muitas pessoas optam por morar em tiny houses (micro casas) em áreas mais afastadas buscando qualidade de vida com baixo custo e outras, preferem os studios urbanos muito bem localizados das grandes metrópoles. São dois movimentos distintos, mas com um mesmo intuito, provando que é possível se viver com o conceito minimalista de que o menos é mais. 

No movimento tiny house, iniciado nos Estados Unidos, as pessoas constroem casas geralmente sobre um chassi de veículo, ou seja, uma casa sobre rodas, que pode ser movida de um terreno para outro, sem a necessidade de possuir uma escritura do imóvel, o que faz reduzir muito o custo do mesmo. Não é um motor home, que permite que você faça grandes viagens, mas é possível sim, deslocar a casa se o proprietário quiser morar em uma localização diferente.

Já os studios urbanos surgiram em grandes metrópoles como Tókio e Nova Iorque e se popularizaram ao redor do mundo. Hoje é possível encontrar muitos studios em São Paulo, Rio de Janeiro e até Curitiba.

Percebe-se que o comportamento do consumidor com a moradia tem mudado especialmente pelo fato do aumento de pessoas que moram sozinhas, que possuem certo desapego material e que não ligam de compartilhar alguns ambientes com desconhecidos. Que preferem morar bem localizadas em espaços que permitem uma mobilidade urbana facilitada por meio de carros de aplicativo ou mesmo a pé. Suas moradias são próximas a tudo, inclusive do seu trabalho.

No condomínio dos edifícios que abrigam estes studios geralmente há espaços compartilhados como academia, coworking, lavanderia, entre outros.

O interessante é que é possível viver muito bem em áreas de no máximo 30m². Vemos pessoas solteiras, casais e até famílias com filhos compartilhando destes espaços.

Porém, há um grande desafio por parte dos arquitetos e designers de interiores para projetar cada detalhe em seu devido lugar para dar um bom aproveitamento de espaços e conseguir acomodar tudo que uma família precisa. 

É importante ter uma mentalidade aberta e fora da caixa para trazer ideias e soluções diferenciadas. Sem dúvidas, as ferragens e acessórios para móveis são grandes aliadas neste momento de criação, pois são elas que trazem a vida e o movimento ao mobiliário.

A Häfele do Brasil possui em sua linha diversos produtos que aliam sofisticação e funcionalidade aos ambientes em que estão inseridos, além de um aproveitamento inteligente de todos os espaços.

A palavra aqui é multifuncionalidade, que é primordial quando o assunto é pequenos espaços.

Separei aqui 5 ideias das quais eu, Anne, gosto muito e que você conseguirá encontrar nas lojas da GMAD.

  1. Turn Table

Em um espaço compartilhado da sala, ou mesmo de um quarto, é possível criar uma mesa de jantar sem ocupar espaço. Você pode criar tanto a mesa quanto os bancos para se sentar por meio desta ferragem.

Basicamente ela possui rodízios escondidos que permitem movimentar a mesa apenas no momento de sua utilização e, recolhê-la quando não estiver em uso.

https://www.hafele.com.br/INTERSHOP/static/WFS/Haefele-HBR-Site/-/Haefele-HBR/pt_BR/opentext/assets/HBR/Turn_table_interzum_03.jpg
https://www.hafele.com.br/INTERSHOP/static/WFS/Haefele-HBR-Site/-/Haefele-HBR/pt_BR/opentext/assets/HBR/Turn_table_interzum_05.jpg
https://www.hafele.com.br/INTERSHOP/static/WFS/Haefele-HBR-Site/-/Haefele-HBR/pt_BR/opentext/assets/HBR/Turn_table_interzum_01.jpg
  1. BettLift

Ferragem famosa por transformar a cama convencional em uma cama retrátil, que fica exposta somente durante o seu uso. Ao “fechá-la” é possível ter um ambiente limpo e com maior área de circulação. Esta ferragem pode ser usada para a construção de camas de diversos tamanhos, como de casal ou solteiro e pode ser aplicada com a cama na vertical ou horizontal.

Foldaway bed fitting, Bettlift, for side mouting - in the Häfele Vietnam  Shop
  1. TV Lift 

O TV lift é um sistema elevatório elétrico para TV. Você pode esconder a sua TV quando não está em uso, em uma mesa, aparador ou tampo qualquer.

Este sistema funciona com controle remoto e possui variações que permitem que você mude a angulação da TV, atendendo mais de um ambiente da casa.

https://www.hafele.com.br/INTERSHOP/static/WFS/Haefele-HBR-Site/-/Haefele-HBR/pt_BR/opentext/assets/HBR/ObjectImageHandler.jpg
  1. Tavoletto

O Tavoletto é uma das ferragens mais sensacionais que eu já vi na vida.

Ele permite uma multifuncionalidade fantástica, compartilhando o mesmo espaço da cama com de uma mesa de trabalhos e/ou estudos. Possui um movimento bem diferenciado durante o seu uso, que permite que você transforme uma mesa de home office completamente montada (e com tudo sobre ela) em uma cama para você dormir e descansar, sem a necessidade de mover ou guardar os objetos da mesa.

https://www.hafele.com.br/INTERSHOP/static/WFS/Haefele-HBR-Site/-/Haefele-HBR/pt_BR/opentext/assets/HBR/Tavoletto_01.jpg
https://www.hafele.com.br/INTERSHOP/static/WFS/Haefele-HBR-Site/-/Haefele-HBR/pt_BR/opentext/assets/HBR/Tavoletto_02.jpg
https://www.hafele.com.br/INTERSHOP/static/WFS/Haefele-HBR-Site/-/Haefele-HBR/pt_BR/opentext/assets/HBR/Tavoletto_03.jpg
  1. Finetta

Sistema de portas escamoteáveis. 

Você já deve ter visto aqueles ambientes compartilhados em que um deles fica completamente escondido. Muito comum para as cozinhas e home offices que são fechados complemente por portas e que quando abertos, as portas são armazenadas nas laterais dos ambientes.

Vejo este tipo de tendência muito forte desde a feira de Milão em 2014. E permanece muito em alta e disponível aqui no Brasil.

O sistema permite a criação de um móvel com dupla função e com um design surpreendente. Você consegue, por exemplo, fechar toda a bagunça da cozinha “dentro do armário”.

https://www.hafele.com.br/INTERSHOP/static/WFS/Haefele-HBR-Site/-/Haefele-HBR/pt_BR/opentext/assets/HBR/02201995_0.jpg

E aí, qual deles você teria na sua casa?

Leia também