Blog Dicas

Proadec revela estratégias em momentos de desafio

Há 19 anos atuando na produção e distribuição de fitas de borda em PVC e ABS, a Proadec Brasil é uma empresa jovem, dinâmica e uma das líderes da indústria moveleira.

Uma marca confiável que tem como premissa estar próxima aos seus clientes, levando alguns valores importantes, além de estar sempre proporcionando novidades e desenvolvendo produtos inovadores e sustentáveis.

Com estratégias bem alinhadas, com foco na proximidade digital tanto entre equipe quanto com clientes, a empresa se sobressai mesmo em momentos de desafios, prova disso é que figura na Revista Móbile Fornecedores 2020. Confira só a entrevista concedida pelo diretor Antônio Cardona e sua equipe, relevando suas principais práticas.

1 – O que a empresa faz de diferente, neste momento, do que fazia antes?

No início da pandemia a Proadec Brasil, em conjunto com sua equipe de saúde, elaborou uma estratégia para a prevenção e conscientização para os colaboradores com o objetivo de evitarmos o contágio dentro e fora de nossas instalações. Todos os funcionários não essenciais ao processo produtivo passaram a trabalhar de forma remota (home office), preparamos o transporte, ambientes da fábrica e áreas de circulação com medidas sanitárias e de distanciamento social.

Com relação às nossas ações de mercado, mantivemos uma proximidade digital com nossa equipe de vendas através de reuniões e treinamentos, incentivando eles a manterem esta mesma proximidade digital com os clientes da empresa para que pudéssemos estar antevendo os movimentos do mercado e agir com rapidez a estas mudanças.

2 – Quais mudanças enxerga na produção de móveis e no consumo pós-pandemia?

Durante a pandemia as vendas de móveis via comércio eletrônico cresceram 94% em relação à 2019, conforme divulgado pelo Emóbile.Os tipos de móveis normalmente vendidos através do e-commerce são os móveis prontos. Notamos que os produtores deste tipo de móvel estão buscando mais qualidade e começaram a utilizar mais as fitas de bordo em PVC e ABS.

Dentre estes móveis, o que mais cresceu durante o período foi o destinado ao home office, inclusive percebemos o aumento do uso de fitas de borda de espessuras de 1mm.

Outro fator que vimos foi o aumento de vendas de móveis personalizados e planejados, pois com as pessoas ficando mais tempo em casa, buscaram melhorar o ambiente em que vivem.

Para o futuro antevemos que os consumidores continuarão utilizar definitivamente o e-commerce para compras de itens genéricos, entretanto não deixarão de buscar um ambiente personalizado, seja por razões de espaço ou função, como o home office por exemplo.

3 – Como vão trabalhar a marca em função das mudanças de comportamento observadas neste momento que vivemos e que devem ficar?

A marca Proadec é consolidada no mercado moveleiro.

As ações diretas e ações em conjunto com nossos clientes continuarão em nossa estratégia.

Estamos em pleno desenvolvimento de um novo website para uma interação melhor com nossos clientes, com novos catálogos e imagens, mas principalmente para a consolidação da nossa nova logomarca, processo este que coincidiu com o início da pandemia.

4 – Como a empresa está tratando os impactos da transformação digital na sua atividade?

Toda a comunicação Proadec com seus representantes já é feita através de portal de vendas e as informações ali contidas são disponibilizadas aos nossos clientes via meios digitais.

Para melhorar esta relação entre a Proadec e o mercado estamos em processo de implantação de um novo CRM, tendo em vista melhorar sempre o serviço aos nossos clientes.

5 – Ninguém sabe quando a saúde do Brasil voltará ao normal, mas a empresa se replanejou com algum Norte e/ou reformulou estratégias para o futuro considerando saúde e bem-estar de funcionários, clientes e consumidores?

Conforme falamos inicialmente, formulamos uma estratégia para lutarmos contra a pandemia preservando a saúde de nossos colaboradores e conservarmos os postos de trabalho.

E esta estratégia de médio e longo prazo será mantida, mesmo em termos de investimentos, porque entendemos que temos ainda mais tempo de pandemia a seguir pela frente.

Felizmente a nossa estratégia definida anteriormente tem dado bons resultados, pois ao longo destes quase 5 meses, não tivemos nenhum colaborador infectado em nossas instalações e seguimos com nossos negócios em bom caminho.

*Fonte: Revista Móbile

Leia também