Grupo GMAD
Você está em:
Loja JR Madeiras
(12) 3924-4844

Blog Dicas

Diferenciais da esquadrejadeira de precisão para a de varão

Apesar de ser uma das profissões mais antigas do mundo, a marcenaria vem se transformando a cada dia. Isso inclui maquinários mais tecnológicos, com alta durabilidade, precisão, qualidade e robustez.

Um equipamento que é sinônimo dessa evolução é a esquadrejadeira. Considerado um item fundamental para o trabalho do marceneiro, ela é ideal para realizar cortes retos, inclinados, ângulos compostos e ranhuras com exatidão.

Centenária, a esquadrejadeira já passou por diversas mudanças, atualizações e modernizações, algo que tornou a conhecida esquadrejadeira de varão completamente obsoleta – apesar do baixo custo – dando espaço para a de precisão.

O diretor-comercial da Inmes, Bianchini Neto, explica a principal diferença entre os dois modelos. “Uma esquadrejadeira de precisão tem muito mais flexibilidade, na qual é possível, por exemplo, colocar a serra em um determinado ângulo com precisão, ter um corte de qualidade e um trabalho muito mais ágil que pode chegar a 40% a mais de produtividade se comparado com uma esquadrejadeira de varão”, evidencia.


Conheça uma das opções de esquadrejadeira de precisão mais utilizadas pelas marcenarias!

Esquadrejadeira FF-300 Plus

Uma esquadrejadeira de precisão que se destaca no mercado é a FF-300 Plus da Inmes. Com design inovador, compacta, porém com grande porte de produtividade, o modelo permite regulagem do ângulo com rapidez e exatidão.

Com alta tecnologia, especialmente para quem busca mais qualidade, a FF-300 Plus conta com um moderno sistema de regulagem do riscador, sendo totalmente precisa em seus cortes, algo que é essencial na fabricação de móveis sob medida que não permite erros.

Principais Características

Mesa móvel

Com uma capacidade de carga de até 100 kg distribuídos de maneira uniforme, a mesa móvel mede 3 metros.

Conjunto de corte

Equipado com um motor de 3CV para o conjunto de serra e riscador, este equipamento é perfeito para corte de chapas de MDF com revestimento de melanina.

Ângulo da serra

A regulagem do ângulo da serra é feita manualmente com indicação analógica do ângulo e precisão de 0,5°.

Regulagem da altura da serra

A regulagem é feita por um manípulo posicionado na lateral da máquina, com fácil acesso.

Regulagem do riscado

Com sistema externo, permite ao operador regular a altura e alinhamento com a serra com rapidez e facilidade.

Batente de mesa fixa

O batente possibilita a abertura de até 966 mm, com sistema de trava rápida. Sua régua pode ser regulada para evitar contato com a de serra, quando em corte a 45⁰.

Prolongador da mesa auxiliar

A guia da mesa auxiliar possui prolongador de 2839 mm, com um segundo batente (agora é de série).

Batente da guia da mesa auxiliar

Medindo 1640mm, a guia da mesa possui batentes de fácil regulagem para cortes repetitivos.

Proteção da lâmina

Permite ao operador visualizar a peça durante o corte e possui captação de pó.

Trava da mesa móvel

Conta com sistema eficiente que permite a trava em qualquer posição.

Painel principal e auxiliar

Além do painel principal, conta com um auxiliar para garantir maior segurança ao operador.

Cunha de fixação

É utilizada para evitar o recuo indesejado das peças durante o corte.

Empurrador

A função do empurrador é sacar as peças pequenas entre a lâmina de serra e o batente da mesa fixa.

Empurrador de sacrifício

Já o empurrador de sacrifício é utilizado para o corte de peças pequenas aumentando a segurança no corte.

Quer conhecer nossa indicação de maquinário para cada fase da marcenaria? Acesse também quais maquinários não podem faltar na sua marcenaria

Leia também

Quem tem um parceiro tem sorte – Regulamento da promoção

CERTIFICADO DE AUTORIZAÇÃO SEAE No 05.000856/2019 1 – EMPRESAS PROMOTORAS: Empresa Mandatária:
Razão Social: ASSOCIACAO DAS EMPRESAS DO GRUPO GMAD
Endereço: GAL CARLOS CAVALCANTI Número: 585 Complemento: SALA 03 Bairro: UVARANAS Município: PONTA GROSSA UF: PR CEP:84025-000
CNPJ/MF no: 14.066.270/0001-00 2 – MODALIDADE DA PROMOÇÃO: Assemelhado a Vale-Brinde. 3 – ÁREA DE ABRANGÊNCIA: Rio Branco/AC Manaus/AM Feira de […]

Práticas de gestão de negócios podem transformar um time de futebol?

Há muito vemos o mundo corporativo encharcar-se de inspiração ao contratar palestras de profissionais do esporte a fim de extrair lições que possam sacudir as práticas de gestão e liderança. E o contrário? Vale? O Jocelito Canto e Paulo Balancin, gestores do Clube, acreditaram nisso ao vislumbrar num dos empresários da sua comunidade um perfil pragmático, comprometido e orientado para resultados. […]